28.11.08

The End.

Ontem com certeza foi um dia muito especial. Foi a última exibição do Incidente em Antares e a despedida de amigos mais que especiais. O pessoal do 3° vai deixar uma saudade tremenda [ai deles se não vierem nos visitar]. Fizemos cartas e a Flavinha fez uma montagem [sua cachorra eu disse pra vc não colocar My Heart que eu choro!] que ficou linda. Nós sabemos q não é tudo o q eles merecem, mas foi o jeito que encontramos de demontrar o tanto que eles são especiais. Fefeu, Peixoto, Pardo, Eduardo, Tiago e Tiaguinho. Vão fazer falta. Mas muita mesmo! Muita sorte pra vocês [;)].
Quando as cortinas se fecharam, depois de o Fefeu [esse ai do blog do gula] declamou uma linda[e meio doida] poesia. Ele começou a chorar. Sabia q o que ele sentia era o mesmo que eu. Mas já tinha me conformado com a história. Eu o abracei forte e ele chorava. Muito. Depois de feita as apresentações do personagens, Márcia, a nossa professora chamou o meninos do 3° ano pra ficar mais a frente do palco. Falou o quanto eles são especiais pra ela e tudo mais. Afinal eles estão com ela desde o 1° ano do Incena. Depois foi a nossa vez. Criei palavras ali na hora. Mas já estavam na ponta da língua. Pois eram coisas que nós do 1° ano sentimos. De verdade.
Nos trocamos e chamamos alguns garotos do 3° para entregarmos as cartas [não tinhamos feitos para alguns porque estes não se aproximaram tanto de nós]. O Eduardo e o Pardo agradeceram o Fefeu chorou mais ainda. Tadinho, judiamos dele ontem. Acho q ele nunca recebeu tanto abraço na vida.
E que abraços! De todos os participantes do InCena. Era abraço pra cá, outro pra lá. Foi muuuito bom! Acho q vocês nem imaginam a força que esse gesto tem! O peixoto chegou atrasado na entrega das cartas. Mas tudo bem! Ai foi mais abraço pra cá, abraço pra lá [Hey que irmã linda você tem Peixoto! ;D].
Depois fomos para uma churrascaria, comemorar. Era aniversário do Murilo [também muito especial], cantamos parabéns com direito a "Derrama" e tudo mais. Ai foi a vez da Flávia mostrar o vídeo. Ela [vaca] colocou The Last Song do Mcfly na primeira parte da montagem. Depois ela imendou com My Heart do Paramore. Ai eu não aguentei. Gotas salgadas começaram a brotar dos meus olhos cada vez mais forte. Não teve jeito. Acho q foi ai que a ficha começou a cair. Eles estavam indo embora e é bem provável que não voltem pra nos visitar, é bem provável que se voltarem a família não esteja mais a mesma coisa. Sentei em uma das cadeiras e fiquei observando todo mundo. Mais lágrimas vindo. Depois eu fui brincar com eles. Já que aquele era realmente o último dia eu tinha que aproveitar a compania de pessoas que eu amo tanto.
Quando todos ja estavam indo embora, abracei o Fefeu o mais forte q pude e disse q amo muito ele. Esse recado foi pra ele principalmente, é claro, era ele quem eu estava abraçando. Mas é o que eu sinto pelo pessoal do InCena. Não será a mesma coisa sem o 3°. Mas a vida continua não é mesmo? Eles vão começar uma fase da vida deles e eu desejo toda a sorte do mundo.

Amo vocês!
;*

olha o vídeo:

27.11.08

1° de dezembro - Dia mundial da luta contra a Aids

Hoje eu fiz 5 provas, como sempre terminei anes do horário mínimo. E muito 1 hora e 30 minutos. Antes disso, quando entrava na escola recebi uma fitinha vermelha o simbolo da luta contra a AIDS. Uni o útil ao agradável. Tempo livre e tema conhecido de que se vale a pena falar.
Tratei logo de pegar o caderno e escrever. O tempo passou voando, e ainda dei sorte de primeiro estar aplicando a prova a minha professora de redação (Camila) e logo depois dela a de biologia (Zuzú). Elas deram uma olhada e gostaram muito. Eu cheguei a pouco em casa e digitei. Já mande para o jornal local. Vai que dá um "azar" e eles publicam?
Como não poderia deixar de ser, vou postar aqui também. Pra vocês.
1° de dezembro - Dia mundial de combate a AIDS

Por ser filha de um médico social (uma das especialidades da medicina), sempre participai das campanhas mais diversas; de vacinação infantil até mutirão de limpeza contra a dengue. Mas Sempre gostei muito de participar das campanhas do dia 1° de dezembro, contra a doença que acredito ser, junto ao câncer, a mais cruel do mundo moderno. Entretanto um câncer é mais complicado de prevenir, já que não se passa de uma pessoa para outra e não se sabe, muitas vezes, a causa. A AIDS principalmente no Brasil, só pega quem é descuidado ou não tem informação. Já que o nosso país é um dos poucos no mundo que distribuem gratuitamente camisinhas, os exames são pagos pelo governo e o coquetel para o tratamento, idem.
Nas campanhas além de falar sobre a prevenção e como o vírus funciona no nosso corpo, sempre tem uma parte em que o pessoal faz perguntas sobre os portadores do vírus e como devemos tratá-los.
A nossa sociedade se diz tão moderna, mas vive atrasada por causa do preconceito das pessoas. Um soropositivo tem que enfrentar a doença e de quebra, o preconceito das pessoas. Isso é crueldade, eles só querem e merecem levar uma vida normal. Não será um carinho, um abraço que vai transmitir o vírus. A sociedade tem é que dar apoio para os portadores de uma doença tão traiçoeira.
Por isso escrevi esse texto. Para que sempre, mas principalmente hoje, a sociedade combata o vírus do e apõem as pessoas que são portadoras.
Se existir alguma campanha na sua cidade, participe! Vamos acabar com o vírus HIV e também com o vírus do preconceito, que faz vítimas por toda essa esfera que chamamos de Terra. Abrace essa causa.
Espero realmente que vocês gostem e que pensem no que eu escrevi. É a minha verdadeira opnião.
:*

26.11.08

E eu odeio...

Achei esse texto legal então vou postar aqui...

'E eu odeio o jeito como eu preciso tanto de você, odeio ficar esperando horas pra te ver, esperando ansiosamente por um olhar, por uma palavra. Eu odeio te ver e te desejar tanto, eu odeio não ser forte o bastante pra não me importar com você, odeio ser tão efusiva ao se tratar de você. Parece que nunca é o bastante, parece que nunca vai ser suficiente. Me diga, como eu poderia viver agora? Como eu poderia respirar? Como eu poderia amar, se você está tão longe? Como eu poderia não sonhar, não esperar algo mais? Eu não sei o que pensar, não sei o que fazer. Eu me sinto tão vazia, tão fracassada. Me sinto inútil, distante, sozinha. E eu não posso fazer nada, além de te ver indo embora. Mas eu espero, do fundo do meu coração, que você volte. Que volte e que fique pra sempre, porque eu não agüento mais ficar assim.'

Chega a ser melancólico, ou sei lá. Mas eu gostei =D
Peguei do perfil de uma comunidade da Vodka [http://www.orkut.com.br/Main#Profile.aspx?uid=2117144727096151732]. Ela [?] tem umas comunidades muito show! Deêm uma conferida.
:*

24.11.08

Freedom Writers

Sinopse

Hilary Swank, duaz vezes premiada com o Oscar, atua nessa instigante história, envolvendo adolescentes criados no meio de tiroteios e agressividade, e a professora que oferece o que eles mais precisam: uma voz própria. Quando vai parar numa escola corrompida pela violência e tensão racial, a professora Erin Gruwell combate um sistema deficiente, lutando para que a sala de aula faça a diferença na vida dos estudantes. Agora, contando suas próprias histórias, e ouvindo as dos outros, uma turma de adolescentes supostamente indomáveis vai descobrir o poder da tolerância, recuperar suas vidas desfeitas e mudar seu mundo. Com eletrizantes performances de um elenco de astros, incluindo Scott Glenn (Dia de Treinamento), Imelda Stauton (Harry Potter e a Ordem da Fênix) e Patrick Dempsey (Grey's Anatomy), ganhador do Globo de Ouro. Escritores da Liberdade é basedo no aclamado best-seller O Diário dos Escritores da Liberdade..


Vi este filme na casa de dona Flávia na compania de queridos amigos (da turma faltou Janine). Deixando de levar em conta as vezes eu que tivemos de voltar algumas cenas por causas da brincadeira do senhor Otávio (eu não estou reclamando), deu pra prestar atenção no filme, que realmente é maravilhoso! O jeito que a senhorita Gruwell enfrentou a burocracia do sistema educacional, e lutou pela educação de garotos que outras pessoas julgavam perdidos, é um tanto... inspiradora. E o mais legal é que é uma história verídica! A fundação existe: [http://www.freedomwritersfoundation.org/].
Precisamos de mais gente assim no mundo. Pessoas que não tem preguiça para enfrentar a burocracia e as pessoas que não conspiram a favor. Não adianta se encher de boas inteções e não botar pra fazer, não é mesmo?!
Bom é isso que eu acho. O mundo só não muda porque nós [sim, nós jovens acomodados a nossa poltrona em frente a tv], e não digo que eu estou fora disso, não temos vontade pra isso, é muito mais fácil ficar sentado e deixar as coisas do jeito que estão. Acho que algum dia isso muda, embora não possa afirmar que será rápido... mas torço para que seja! o.o
Enfim vejam o filme. Ele não parece muito atrente no começo [ digo isso porque comecei a vê-lo sem querer no TeleCine Pipoca, mas tive que sair e não vi o final do filme. Dessa vez alugamos e eu pude ver tudo], mas é tudo de bom!

22.11.08

Feriado

Pois é, há algumas semanas estive planejando ler Lua Nova num feriado, tinha escolhido o da Consciência Negra,20 de novembro, por que caia em uma quinta e eu teria mais tempo para ficar grudada com tal leitura e depois vir aqui comentar. Doce ilusão! Tanto não li o livro como não tive tempo pra fazer outras coisas q eu tinha planejado. Motivo? Incidente em Antares. Eu perteço a um grupo de teatro q está montando essa peça. A estreia será nessa terça, 25, e tivemos ensaios todos esses dias. Não tive tempo de mais nada, mas tudo pela arte! Pelo ao menos estava com pessoas q eu amo e admiro muito!
Como eu não tenho me ocupado com outra coisa, para quem não conhece Incidente em Antares, foi o último romance escrito por Érico Veríssimo. O livro foi publicado em 1971. O livro é dividido em duas partes, onde se misturam acontecimentos reais e irreais da época que a peça tem como cenário, os anos 1960.
Na primeira parte, é apresentado o ajustamento das duas facções políticas da cidade (os Campolargo e os Vacariano) às oscilações da política nacional. Apresenta também a união deles em face da "ameaça comunista", como é conhecida na cidade, a classe operária que reivindica seus direitos. Na segunda parte, acontece o "incidente" do título: com a greve geral em Antares e a morte inesperada de sete pessoas, incluindo a matriarca dos Campolargo, os coveiros são impedidos de efetuar o enterro, e desta forma, aumentando-se a pressão sobre os patrões. Os mortos, não sepultados, adquirem "vida" e passam a vasculhar a vida dos parentes e amigos, revelando, então, a podridão moral da sociedade. Como as personagens são cadáveres, e portanto, livres das pressões sociais, podem criticar à vontade a sociedade. Em 1994 a Globo transformou o livro em minissérie com um elenco de peso. Dá uma olhada: Fernanda Montenegro, Paulo Goulart, Marília Pêra, Paulo Betti, Elias Gleizer, Gianfrancesco Guarnieri, Ruy Rezende, Diogo Vilela. De participação especial: Betty Faria, Nicete Bruno, Regina Duarte, Laura de Vison.
A nossa peça vai retratar principalmente a segunda parte e está muito engraçada.
Viventes [como diria Cícero Branco]em Franca, venham nos assistir. Dias 25 e 27 no Salão Anália Franco, Colégio Pestalozzi. Pra quem não é aluno o ingresso custa 8 reais. É só procurar os alunos do Incena, nós sempre estamos por lá!

19.11.08

Disco novo...

Acabei de ler uma matéria no cifra club.
A Haley, vocalista do Paramore, falou em entrevista ao MTV News q o próximo Cd já está sendo planejado.
Eles prometem não mudar tanto o som, e continuar com canções enegéticas e positivas.
Para a alegria de todos os fã da banda [Eu!]
matéria na integra:
http://cifraclub.terra.com.br/noticias/8527-vocalista-do-paramore-diz-que-banda-ja-esta-com-planos-de-disco-novo.html

=P

Trilha sonora - Twilight

Uma das minha bandas preferidas se chama Paramore.
E olha que legal [pelo ao menso pra mim] eles fizeram 2 músicas [duaaaasss!!*-*] pra trilha sonora do Twilight [podia ser melhor? Paramore e twilght juntos!].
Os nomes das música são Decode e I Caught Myself. Clipe da primeira música foi lançado esses dias na mtv americana e está no site da banda. Ta muuuuito legal, tem pedaços de cenas do filme e quam ler a tradução e o livro vai perceber as semelhanças [yeah adoro era música!].
Então pra vcs o clipe [que lógico já esta no youtube]:

Se quiserem numa qualidade melhor é só ir no site [www.paramore.net/].
*-*

18.11.08

Txeming

Hey guys!
Vim falar de um livro[Denovo?].
Mas não pense q é aquele livro q vc pega na livraria, cheio de folhinha branquinhas e letras bem produzidas por alguma editora ai...
Esse é diferente!
E ele é legal, podem acreditar!
Ele chama Txeming [se lê tchémingui] e pra ficar mais fácil a gente chama de TX [têxix. eu sei q vcs não são burros, mas vai saber!]
Ele é na realidade um livro, q virou mangá, q virou um livro-mangá agora [uma coisa meio doida, mas pelo ao menos ela não atrasa mais] ! Mais conhecido como fic [eu não fazia idéia do q é isso. Aprendi!]
O Tx é um fic original e a história é criada pela minha prezada amiga Flávia.
Ele é postado [quase] semanalmente na comunidade do orkut [http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=54255478] e agora tb no blog q ela fez pra divulgar as crônicas, textos, o tx e os livros q ela escreve [esses não seram postados no orkut nem em lugar nenhum. Serão lançados em forma de livro normalzim mesmo].
O Tx como era mangá e por causa da falta de tempo de dona Flavita teve q voltar a ser livro. ela tem até o capítulo 4 em desenho e já passou o 1 e o 2 pra texto, o q também significa q o mangá não está disponível para baixar. O 3 e o 4 vcs ainda podem baixar, mas corram antes q ela publique esses capítulos em texto. Do 5 ao 10 os capítulos foram feitos somente em texto e estão muito bons.
Aqui vira e meche vcs vão ver notícias sobre o Tx e o pedido q quero fazer a vcs é: Leiam!
Pra quem joga RPG, gosta de anime ou tambem q não gosta disso, mas gosta de textos e histórias bem feitas é uma ótimo pedido!
A Flávia escreve super bem e descreve como ninguém [ó rimô! ]. Eu tb escrevo mas hoje não vamos falar sobre isso ok? Talvez outro dia!
Pra ninguém esquecer, olha os links denovo:
Comunidade no orkut - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=54255478
Blog da Flávia [Cold Letter] - http://coldletter.blogspot.com/
Ah quase me esqueço, no perfil da comunidade tem o link de um profile no orkut, q vcs, q querem saber notícias do Tx em primeira mão devem adicionar.
Bem é isso!
Bjokas

17.11.08

Links

Sobre a autora

Bem... Sou uma estudante de ensino médio, aspirante a... Nem mesmo eu sei. Mas fica em algo entre Direito e Medicina, ou quem sabe música. Bastante vago.

Gosto de escrever (óbvio), de política, economia, polêmicas (quem não gosta?), história, música, literatura, cinema, esporte. E é sobre algumas dessas coisas que eu escrevo.
Gosto de ler (muito) e aprecio um português bem escrito e bem falado. Mas isso não quer dizer que eu também não cometa "gafes".
Costumo ser bem sincera e "não tenho aquela velha opnião formada sobre tudo" e é talvez por isso que minha opnião as vezes incomode as pessoas. Desculpe meu humor negro, não é a minha intenção ofender ninguém (não sempre pelo menos).

Pertenço a blogosfera desde 2004 e tive inúmeros blogs, contudo o Unwritten é o único dentre tantos que durou tanto tempo.
Não sou fã das redes sociais, portanto não tenho orkut (não mais). Tenho facebook, mas quase não acesso. O twitter é o único que eu uso, é simples, rápido, não pesa, etc e etc.
Passo horas no pc, principalmente no msn e visitando os mais diversos blogs. Meus links preferidos estão aqui ou no índice ok?

Espero que gostem do que eu escrevo, vou me esforçar ao máximo. Prometo.

Unwritten

O Unwritten foi criado depois de vários blogs que não vingaram. Não me pergunte o motivo, mas porsso dizer que deve ter faltado um pouco de empenho.
No final do ano de 2008, pra ser exata, no dia 18 de novembro o Unwritten foi criado.
A idéia surgiu algum tempo antes (pouco tempo) quando ouvi a música Unwritten da Natasha Bedingfield, que tem esse refrão: "Today is when your book begins the rest is still unwritten."
Se você é assim como eu, uma negação no inglês, a tradução é a seguinte: "Hoje é quando o seu livro começa o resto está para ser escrito."
Achei essa frase super legal e ela me inspirou a voltar ao mundo dos blogs.
Não sou uma exímia blogueira, nem gosto de tudo que escrevo, mas eu não me arrependo de manter este blog há tanto tempo, nem de nada que está escrito aqui.
Espero sinceramente que tenha deixado claro os motivos do blog e que vocês gostem do que aqui verão.